Blog para os apaixonados por livros de plantão.

17.10.13

Resenha: Cidade dos Ossos - Cassandra Clare

Nenhum comentário
Como o primeiro livro da série "Instrumentos Mortais", "Cidade dos Ossos" conta a história da Clary que vai a uma boate com o amigo e acaba meio que presenciando um crime, um grupo de jovens tentando assassinar alguém, mas não era exatamente um crime, no decorrer da história ela descobre que aqueles jovens são caçadores das sombras, que é um grupo que mata os demônios que fazem o mau, acaba que a mãe dela, Jocelyn, é sequestrada, e enquanto Clary vai em busca da mãe acaba descobrindo várias coisas sobre verdadeiro passado de Jocelyn se interliga com o mundo que Clary está conhecendo, que envolve demônios, feiticeiros, vampiros, fadas e etc, e também um pouquinho de romance .
O livro me prendeu do inicio ao fim, ele é dividido em 3 partes e um epilogo, a primeira parte deixou a desejar um pouco e foi meio fraca comparada ao resto, mas depois que começou a segunda parte eu não consegui parar de ler mais, a história vai se desenrolando até que rapidamente, o livro parece longo com suas mais de 450 páginas, mas a história é tão envolvente que quem lê nem percebe.
O mais incrível que achei foi que gostei de todos os personagens, até os personagens que não fazem o bem são legais, mas especialmente os que mais gostei foram: Luke, Alec, Isabelle e Simon.
Além do livro ter muito suspense e aventura a autora conseguiu misturar várias mitologias já existentes com algumas mudanças criadas por ela, o que ficou interessante, e o livro tem um desfecho incrível e surpreendente.
Sobre o filme, achei realmente diferente, tem coisas parecidas até demais em alguns aspectos, mas em outros não tem muito haver, o enredo é parecido, mas várias partes importantes foram cortadas, já foi confirmado o segundo filme, e espero que seja melhor adaptado, mas acho que nenhum filme jamais superará um livro, até hoje isso não aconteceu comigo, rsrs .
Este livro com certeza vai entrar para lista dos melhores livros que eu li nesse ano.



Nenhum comentário :

Postar um comentário