Blog para os apaixonados por livros de plantão.

24.12.13

Resenha: Os Adoráveis - Sarra Manning‏

Nenhum comentário

"Jeane é blogueira. Seu blog, o Adorkable, é um blog de estilo de vida — na verdade, o estilo de vida dela — e já ganhou até prêmios na categoria “Melhor Blog sobre Estilo de Vida” pelo e Guardian e um Bloggie Award. Adora balas Haribo, moda (a que ela cria, comprando em brechós) e colorir (ou descolorir totalmente) os cabelos. Cheia de personalidade e meio volúvel, ainda assim Jeane é bacana — mesmo nos momentos em que se transforma numa insuportável. Mas, certamente, ela não olharia duas vezes para Michael. Porque Michael é o oposto de Jeane..."

Os Adoráveis é uma leitura agradável que mostra como é complicada essa fase da adolescência. Porém diferente de muitos livros com o mesmo tema esse aqui conseguiu fugir dos dramas clichês que sempre envolvem a história. Podemos acompanhar ao longo da história os personagens descobrindo quem realmente são e sem ter medo de assumir e aceitar isso. E não é só o Michael e a Jeane que passam por essa descoberta, a Scarlett, por exemplo, teve uma grande mudança em relação a sua autoconfiança. Com isso da para percebe que os personagens secundários também têm destaque ao longo da história e vão amadurecendo com isso. E todo esse amadurecimento é algo interessante porque meio que indiretamente a autora mostrou que nessa fase que é a adolescência muitos jovens acabam “moldando” sua personalidade somente para poder se enquadrar ao que os outros acham certo. E ainda assim isso é mostrado sem perder o humor que está presente do começo ao fim do livro. Apesar de o Michael ser o mocinho “quase” perfeito e simpático quem realmente conseguiu me prender a leitura com seu jeito original e sarcástico foi a Jeane. É impossível não rir com os seus comentário, mas por outro lado, ela às vezes é tão irritante que me fez praticamente perder a paciência durante a leitura, rsrs.

A narrativa é em primeira pessoa e a autora optou por intercalar o ponto de vista de Jeane e Michael. Eu gosto bastante quando o livro é narrado dessa maneira, principalmente nesse livro que temos dois personagens que vivem em mundos completamente diferentes é bom ver o que cada um pensa ao desenrolar da história.
Outro fato legal é que a autora “trouxe” para a narrativa da Jeane o mundo virtual, então podemos ler tuites, posts e emails dela. Sobre o título acho que teria sido legal manter o original que é “Adorkable”, e aproveitando para falar da capa eu gostei bastante dela porque conseguiu representar bem o livro. Em relação à diagramação/tradução a Novo Conceito como sempre caprichou bastante.
Enfim recomendo a leitura para quem gosta de romances adolescentes.

Por: Cadu Oliveira

Nenhum comentário :

Postar um comentário